Fachada da sede do MPF em Goiás recebe adesivo da campanha #CORRUPÇÃONÃO

Nos próximos dois meses, mais de 30 sedes do MPF mudam a paisagem de cidades de norte a sul do Brasil, ao receberem a identidade visual da campanha


Nesta quinta-feira, 28 de maio, a fachada lateral da sede da Procuradoria da República em Goiás (PR/GO) recebeu um adesivo de 7m x 8,20m com a hashtag #CORRUPÇÃONÃO. A iniciativa faz parte da campanha internacional de combate à corrupção, lançada na segunda, 25 de maio, pelo Ministério Público Federal em parceria com a Associação Ibero-Americana de Ministérios Públicos (Aiamp) para ampliar o debate acerca do tema, além de conscientizar as pessoas sobre o papel do Ministério Público no enfrentamento a esse tipo de crime.

2015-05-28 - fachada PRGO - campanha corrupcaonao-internet

Foto: Ascom do MPF/GO - permitida a reprodução

Nos próximos dois meses, mais de 30 sedes do MPF mudam a paisagem de cidades de norte a sul do Brasil, ao receberem a identidade visual da campanha. Películas adesivas, faixas e banners com a inscrição #CORRUPÇÃONÃO foram afixados nas sedes das Procuradorias da República nos estados, das Procuradorias Regionais da República e da Procuradoria-Geral da República, em Brasília. É o MPF unido na luta contra a corrupção, com o objetivo de engajar cada vez mais pessoas ao movimento e mobilizar jovens nas redes sociais para unirem-se ao MPF no combate à corrupção.

Sobre a campanha –  Os Ministérios Públicos dos países que integram a Aiamp têm forte atuação no combate à corrupção. A campanha foi um compromisso do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na gestão como presidente da associação. Durante a 22ª Assembleia-Geral da Aiamp, em novembro do ano passado, no Uruguai, ele apresentou três propostas de campanha publicitária. Por unanimidade, foi escolhida a opção de declarar "não à corrupção", considerada a mais adequada em função da visibilidade e clareza da mensagem.

Desvio de verbas – O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) afirma que a corrupção é o maior obstáculo ao desenvolvimento econômico e social no mundo. A entidade estima que, a cada ano, pelo menos US$1 trilhão são gastos em subornos, enquanto cerca de US$ 2,6 trilhões são desviados. A soma é equivalente a mais de 5% do PIB mundial.

Para mais informações, acesse o hotsite da campanha http://corrupcaonao.mpf.mp.br.

Assessoria de Comunicação
Ministério Público Federal em Goiás
Fones: (62) 3243-5454/3243-5266
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Site: www.prgo.mpf.mp.br
Twitter: http://twitter.com/mpf_go

Fórum Permanente de Combate à Corrupção em Goiás